Segunda-feira, 4 de Julho de 2011

Mito ou verdade?


É verdade que os miomas só aparecem em mulheres acima dos 35 anos?
Os miomas ocorrem em aproximadamente 20% a 30% das mulheres entre 35 a 40 anos de idade.

O mioma deve ser sempre tratado?
O tratamento do mioma uterino é realizado quando há sintomas importantes, como irregularidade menstrual (aumento do fluxo menstrual e/ou do número de menstruações ao mês), dismenorréia (cólica menstrual), dispareunia (dor na relação sexual), dor pélvica, anemia. O esquema terapêutico é indicado conforme os sintomas e o desejo ou não de gestação. Em casos de miomas volumosos, pode ocorrer alteração intestinal e urinária por compressão.

O tratamento do mioma resulta na retirada do útero?
Antes de determinar a conduta terapêutica, os casos devem ser analisados individualmente. O desejo ou não de gestação também contribui para essa escolha. Há tratamentos conservadores e não conservadores. Os primeiros podem ser hormonais orais, injetáveis e o dispositivo intrauterino com levonogestrel, ou cirúrgicos, como a miomectomia histeroscópica, laparoscópicas ou por laparotomia. Outra opção é a embolização das artérias uterinas. Nenhum destes tratamentos visa à retirada do útero e todos visam a melhora da anemia, a redução da hemorragia e do volume uterino, sem impedir que, com o tempo, o(s) mioma(s) cresça(m) novamente.
Já os tratamentos não conservadores ou radicais visam à retirada do útero (histerectomia). São indicados quando não há resposta com os tratamentos conservadores, quando há prole definida, sintomas intensos de dor, hemorragia, anemia e aumento do volume uterino. A histerectomia pode ser realizada por laparotomia (via abdominal) , videolaparoscopia ou por via vaginal, conforme a indicação do ginecologista, o volume uterino e comorbidades.

A endometriose é um impeditivo para a gestação?

Nem sempre. A endometriose pode ocasionar dor pélvica ou infertilidade. Acomete de 10 a 15% de mulheres em idade reprodutiva. Está associada à infertilidade em 20 a 50% dos casos. Quando há dor pélvica, a sua prevalência é de 60 a 70%, em casos assintomáticos de 2% a 20%, e em adolescentes de 20 a 40%. Alguns trabalhos científicos revelam que o tempo de diagnóstico pode levar de 6 a 7 anos, salientando, então, a importância de se consultar regularmente com o ginecologista e expressar os sintomas.

A endometriose tem cura?
Não há tratamento que garanta a cura, mas algumas práticas podem reduzir as chances de recidiva, como a avaliação e a comprovação diagnóstica da endometriose de maneira precoce, o acompanhamento clinico realizado por especialista, as mudanças no estilo de vida, com a adoção de cuidados nutricionais (boa ingestão de fibras e alimentos com ômega 3), atividades físicas aeróbicas – que favorecem a produção de endorfinas (hormônio do bem-estar) –, exercícios de relaxamento, diagnóstico e tratamento de doenças associadas, além de acompanhamento ginecológico adequado.

A metformina, usada no combate à diabetes, pode ser usada contra a síndrome do ovário policístico (SOP)? Realmente funciona?

A metformina é utilizada com boa resposta nos casos de síndrome do ovário policístico associados à resistência à insulina. Para determinar se a medicação é necessária, o ginecologista fará a avaliação clínica. Atualmente, sabe-se que tanto mulheres com sobrepeso e obesidade como as magras podem ter a síndrome do ovário policístico e resistência à insulina. Nem todas as mulheres obesas tem SOP. O hiperandrogenismo também pode estar presente. É muito importante a orientação ginecológica sobre os riscos, no futuro, de diabetes e doença metabólica.

Irregularidade na produção de insulina pelo pâncreas é uma das causada da SOP?

Há diversas teorias relacionadas às causas da SOP. A insulina pode atuar por meio dos seus receptores amplamente distribuídos nos ovários. Parece haver uma predisposição genética nesses mecanismos, pois existem muitas mulheres obesas e com resistência a insulina que não desenvolvem a SOP.
publicado por Gina às 08:51
link do post | comentar | favorito

Poderoso Chá de Unha de Gato e Uxi Amarelo


Assistam e se emocionem! vamos conseguir também!

Como preparar e tomar Chá de Unha de Gato e Uxi Amarelo 

DESCRIÇÃO:
 O Uxi (Endopleura uchi) é uma árvore alta da família das humiriáceas, nativa da Amazônia, de tronco reto e liso, casca cinzenta, madeira de boa qualidade, folhas denteadas e drupas comestíveis, com sementes oleaginosas. Também chamada de uxipuçu, encontrada em estado silvestre da mata primária de terra firme dispersa por todo Pará e Amazonas, árvore que alguns brasileiros consideram quase milagrosa. 
A unha-de-gato (Uncaria tomentosa) é uma planta medicinal muito popular no Peru. Trata-se de uma trepadeira arbustiva que cresce apoiada geralmente em uma árvore, com folhas compostas, opostas e ovais. Seu nome popular foi inspirado na semelhança de seus espinhos com as unhas do gato (nos Estados Unidos ela é conhecida como Cat's claw). Sabe-se que os incas foram os primeiros a tirar benefícios de seus princípios ativos e, ao passarem os seus conhecimentos para os índios, deixaram uma riqueza medicinal utilizada no tratamento de doenças como artrite, gastrite, reumatismo e inflamações em geral. 

INDICAÇÃO: Miomas, infecção urinária e inflamação uterina 

COMO FAZER: Coloque 1 colher de sopa de uxi amarelo para meio litro de água, Leve ao fogo e deixe ferver por 10 minutos. Beber na parte da manha. 
Coloque 1 colher de unha de gato para meio litro de água, Leve ao fogo e deixe ferver por 10 minutos. Beber na parte da tarde. 

COMO BEBER: Beber meio litro do uxi amarelo na parte da manhã e meio litro da unha de gato na parte da tarde. 
publicado por Gina às 08:41
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Eu....

. Indutores de Ovulação

. Síndrome dos Ovários Poli...

. Hiperandrogenismo feminin...

. Indutores de Ovulação

. Anovulação

. Calcular período fértil O...

. Hirsutismo

. Estimulação Controlada do...

. Usando clara de ovo para ...

.arquivos

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

blogs SAPO

.subscrever feeds