Sábado, 2 de Julho de 2011

Saúde da Mulher



saude da mulher 2
Este medicamento é indicado na ocorrência de disfunções menstruais, ciclos irregulares, cólicas, ausência menstrual, menopausa. Sua função mais importante para as treinantes é REGULADOR MENSTRUAL, regulando os ciclos e suas taxas hormonais.
** PARA A TREINANTE: Seu consumo deverá ser iniciado no primeiro dia do ciclo (1° dia de menstruação), e não deverá ultrapassar o 14° dia do ciclo (ou antes, caso o medicamento acabe), pois havendo possibilidade de gravidez o medicamento não é indicado.
Segue a Bula:
Indicações: Como regulador menstrual, nas cólicas menstruais, perturbações da menopausa e manifestações agudas ou crônicas das dismenorréias, nas irregularidades do fluxo menstrual.
Todos os meses em decorrência do ciclo menstrual, o organismo da mulher sofre alterações que acarretam indisposição, tensão, irritabilidade, cólicas, aumento ou diminuição do fluxo menstrual, além de haver uma queda nas defesas naturais do organismo, favorecendo a formação de processo inflamatório. Tomando Saúde da Mulher você se previne desses males.
Modo de usar: TOMAR SEMPRE DILUÍDO EM MEIO COPO D’ÁGUA. Nas irregularidades do fluxo menstrual, e nas perturbações da menopausa, tomar 1 copo-medida 2 vezes ao dia, durante 7 dias. Nos casos de cólicas menstruais tomar durante a menstruação 1 copo-medida 3 vezes ao dia. Nos casos de inflamações e hemorragias uterinas, tomar 1 copo-medida 4 vezes ao dia, até o alívio dos sintomas.”



Contra Indicações: o produto é contra-indicado na presença de doença renal, hipersensibilidade a algum componente da fórmula
Precauções: Não é aconselhado o uso deste medicamento durante a gravidez.

Nenhum medicamento deve ser tomado sem a recomendação de seu médico, este tópico tem a função, apenas, de esclarecer, e não de incentivar nenhum tipo de auto medicação.




publicado por Gina às 14:07
link do post | comentar | favorito

Amenorréia

As alterações do ciclo menstrual, começam na menarca e acompanha a mulher, passando pela menacme até a menopausa..Partindo desta premissa passaremos a desenvolver algumas informações para que possamos entender estes mecanismo.


A menstruação é uma perda sanguinea da origem uterina que tem caráter cíclico com intervalo de 28 a 30 dias(Isto para um ciclo considerado normal). A quantidade de sangue varia de 60 a 80ml.
A duração de 3 a 5 dias. Embora alguns estudiosos considerem até 7 dias.
Para que a menstruação ocorra normalmente deve haver uma completo sinergismo entre o eixo hipotálam podemos afirmar que ela apresenta um quadro de amenoreia rpimária.o-hipófise- ovariano.
A cada mês o endométrio se prepara para receber o produto da fecundação, quando isto não ocorre, acontece o fenômeno da menstruação.(este endométrio que é formado pelas camadas basal, esponjosa e compacta. com a menstruação as 2 ultimas se depredem , se regeneram e voltam a desprender-se no ciclo seguinte). O ciclo da mulher esta dividido em fase proliferativa(la fase).fase folicular.
Fase secretora 2a fase, ou fase lútea. As alterações do ciclo menstrual são mais comuns na menarca( primeira menstruação) e na perimenopausa.
Na menarca por falta de amadurecimento do eixo hipotalmo-hipofise ovariano.
E na perimenopausa por deficencia hormonal .
Amenorréia é a falta de menstruação. Pode ser devido a uma causa primária ou secundária.
Quando a mulher não menstruou até aos 16 anos.,e não apresenta caracteristas sexuais secundárias. podemos afirmar que ela apresenta um quadro de amenorréia primária.
A amenorréia é denominada de secundária quando falta por 2 a 3 ciclos consecutivos. Consideramos ainda a amenorréia fisiológica, ou normal que acontece:


  • Na gravidez


  • Na período de lactação


  • Após o período da ultima menstruação.

    Existem ainda os casos de amenorréia decorrentes de fatores ambientais, emocionais, estress, amenorréias das atletas, amenorréia,amenorréia por fatores dietéticos como perda de peso exagerada, comprometendo a nutrição.
    Afora estes fatores temos que pesquisar as causas da Amenorréia de origem:




  • Hipotalâmicas 


  • Hipofisárias 


  • Ovarianas.

    Como causas hipotalamicas temos:



  • Síndrome de Kallmann


  • Amenorréia psicogênica


  • Anorexia nervosa.

    Como causas hipofisárias temos:


  • Tumores da hipófise


  • Traumatismos


  • Síndrome de Sheehan


  • Síndrome da sela vazia


  • Adenomas


  • Hiperprolactemia


  • Prolactinomas

    E finalmente as causas ovarianas:



  • Tumores ovários


  • Síndrome dos ovários resistentes

    Falência Ovariana Prematura ou Menopausa Prematura devido a :
    Anomalias cromossômicas
    Doenças Auto-imunes

    Outras causas:
     

  • Síndrome de Asherman(decorrente de curetagens)
    Agenesia ovariana, uterina
    Distúrbios da tireóide
    Tuberculose genital
    Ooforectomia.

    Medicamentos como: ansiolíticos, antidepressivos metoclopamida e fármacos contendo esteroides.

    CONDUTA DIANTE DE UMA PACIENTE COM AMENORRÉIA.

    A conduta na amenorréia vai depender de uma investigação bastante acurada:



  • Historia clinica da paciente( afastar a suspeita de gravidez, pesquisar as causas de amenorréias fisiológicas).


  • Hábitos de vida(atletas, alimentação)


  • Ambiente familiar


  • Uso de medicação.


  • Caracteres sexuais secundários.


  • Historia de cirurgias.


  • Síndrome de Turner, pesquisar tireodopatias, supra renais.

    Exame Ginecológico: afastar as causas de criptomenorreia etc.

    Dosagens Hormonais de acordo com a suspeita clinica
    Ultrasonografia
    Histerosalpingografia
    Histeroscopia
    Rx tomografia e ressonância do crânio.

    TRATAMENTO



  • Para o tratamento temos que levar em consideração os fatores que levaram a amenorréia.

    CONCEITOS IMPORTANTES:

    Amenorréia E a ausência de menstruação.
    Oligomenorréia- Quando a mulher apresenta ciclos longos menstrua com 45 a 60 dias.
    Metrorragia-Quando a mulher apresenta sangramentos fora do seu período menstrual,
    Hipermenoreia- A mulher que passa em media 8 dias menstruada, presença de coágulos devemos pesquisar miomas ou outras patologias.
    Polimenorréia- E aquela paciente que menstrua com intervalos curtos menos de 21 a 25 dias.
    Sangramento Pre´-menstrual – É o sangramento tipo borra de café, que aparece antes da data esperada da menstruação. 






  • Fonte/créditos:http://www.portaldeginecologia.com.br/modules.php?name=News&file=article&sid=53







  • publicado por Gina às 08:58
    link do post | comentar | favorito

    Menstruação: fique atenta aos sinais que o seu corpo envia e que podem indicar problemas


    O que causa um fluxo muito intenso?

    Alterações hormonais e outras doenças como miomatose uterina (presença de vários nódulos no útero) e adenomiose (endometriose interna).

    A ausência de sangramento pode sinalizar o quê, além da gravidez?

    Habitualmente, a ausência de sangramento é causada por disovulia (falta de ovulação) ou por cisto no ovário.

    A presença de odor forte durante a menstruação é normal?

    A presença de odor forte durante a menstruação não é normal e pode estar associada a algum tipo de corrimento. Nesse caso, procure imediatamente um médico.

    O que pode estar acontecendo se o fluxo se prolongar muito além do normal?

    Se o fluxo se prolongar demais, a mulher, provavelmente, está com alguma alteração hormonal. Outras doenças estão relacionadas com o aumento de fluxo, como miomas ou pólipos (tipo de tumor benigno no útero). 

    Cólicas muito fortes podem indicar problemas?

    Sim, pode ser um sintoma da endometriose (quando o endométrio se deposita fora do útero). (link matéria endometriose)

    Normalmente, quando a mulher começa a menstruar? E com quantos anos ela entra na menopausa?

    Antigamente, as mulheres menstruavam entre 12 e 14 anos. Hoje, esse número caiu para 9 a 12 anos. A menopausa acontece entre 45 e 55 anos (a média brasileira está por volta dos 52 anos).

    Depois que a mulher tem filhos, alguma coisa muda com seu ciclo menstrual?

    Após o parto, a mulher pode ficar em amenorréia (sem menstruação), enquanto amamentar, o que dura de 7 a 8 meses.

    Sangramentos fora do período correto do ciclo são considerados normais?

    Os sangramentos fora do período menstrual não são normais: é a chamada metrorragia. Procure um médico neste caso.

    A pílula anticoncepcional influencia no fluxo e no tempo da menstruação?

    Sim, porque, com a pílula anticoncepcional, a mulher deixa de menstruar e passa a ter um sangramento por falta de hormônios.

    Quando a menstruação pode ser considerada "desregulada"?

    Algumas mulheres têm ciclos curtos ou longos, o que dá uma falsa impressão de irregularidade. O importante é ver quantos dias há entre o 1º dia de uma menstruação e o 1º dia da próxima. Caso fique entre 24 e 35 dias, sempre mantendo o mesmo padrão, sem variações, pode-se dizer que há regularidade, só não tem o dia certo do mês, como num ciclo de 30 dias.

    Qual é o tempo de duração da menstruação considerado “normal”?

    O normal é que a menstruação dure de 3 a 7 dias.

    Fonte/créditos:http://www.papofeminino.com.br
    publicado por Gina às 06:03
    link do post | comentar | favorito

    .mais sobre mim

    .pesquisar

     

    .Julho 2011

    Dom
    Seg
    Ter
    Qua
    Qui
    Sex
    Sab
    1
    2
    3
    4
    5
    6
    7
    8
    9
    10
    11
    15
    16
    17
    18
    19
    20
    21
    22
    23
    24
    25
    26
    27
    28
    29
    30
    31

    .posts recentes

    . Eu....

    . Indutores de Ovulação

    . Síndrome dos Ovários Poli...

    . Hiperandrogenismo feminin...

    . Indutores de Ovulação

    . Anovulação

    . Calcular período fértil O...

    . Hirsutismo

    . Estimulação Controlada do...

    . Usando clara de ovo para ...

    .arquivos

    . Julho 2011

    . Junho 2011

    . Maio 2011

    . Abril 2011

    blogs SAPO

    .subscrever feeds