Quarta-feira, 6 de Julho de 2011

Teste Pós-Coito ou Teste Sims-Huhner, pra que serve? Funciona mesmo?

O teste pós-coito avalia a interação entre os espermatozóides e o muco cervical.  É um teste antigo, existindo desde 1868.  Sabemos que no período fértil, o corpo feminino produz um muco cervical elástico e consistente que é normalmente apropriado para a trajetória dos espermatozóides.  Portanto o teste somente pode ser aplicado durante o período fértil, normalmente logo antes da ovulação, que é o período em que o muco encontra-se mais elástico e apropriado.  Em ciclos anovulatórios (sem ovulação), não há como se aplicar este teste, uma vez que não haverá o muco apropriado.  
Se o médico observar que o muco encontra-se com características inapropriadas, não há a necessidade de aplicar o teste, pois o resultado deverá ser negativo.  Atualmente a data do teste tem sido estipulada com ajuda de controle de ultrassonografia seriada para avaliar o momento da ovulação, sendo o teste pós-coital realizado quando o folículo dominante atingir tamanho acima de 18mm. 
O casal é orientado para ter relações em casa e posteriormente apenas a mulher comparecer a clínica para a coleta do material retirado do colo uterino.  O tempo em que a paciente deva comparecer a clínica varia de acordo com o procedimento de cada local.  Algumas clínicas pedem 2 horas de intervalo, outras 4 horas, enquanto algumas outras pedem 10 horas, ou que venha na manhã do dia seguinte.  Normalmente a clínica orienta o casal para ter relações e cuidados após relações da mesma forma que normalmente realizam, afim de obter um resultado realista.  Por exemplo, se a mulher não costuma a fazer qualquer repouso após as relações, que repita esse procedimento.  No entanto há clínicas que orientam a mulher a seguir alguns procedimentos, como alguns minutos de repouso após o coito.
Alguns especialistas consideram que o teste é positivo quando num microscópico com aumento de 400 vezes se observa 5 espermatozóides com progressão linear.  Outros consideram o resultado positivo com apenas 1 espermatozóide com progressão linear por campo.  Ainda encontramos especialistas que consideram que o correto são 10 espermatozóides por campo, e, além disso, avaliam a velocidade de movimentação.
Um teste positivo indica que as condições hormonais feminina estão corretas, o coito foi apropriado, o ambiente do colo uterino está propício, os espermatozóides estão em boas condições e não há reações imunológicas adversas contra os espermatozóides.  No entanto não é uma garantia de que os espermatozóides conseguirão alcançar o óvulo e penetra-lo.
O teste de Sims-Huhner negativo indica alguma dificuldade neste complexo processo.  Podendo tratar-se de problemas no ato sexual.  Ou relacionar-se com alterações hormonais femininas, desde a não ovulação a apenas a produção inapropriada do muco cervical.  Alterações nos espermatozóides também podem explicar o resultado.
No entanto o resultado negativo não é uma impossibilidade de gravidez no natural por si só.  O resultado pode se alterar entre um ciclo e outro.  É possível que o momento escolhido para a realização do teste não tenha sido o mais propício, pois o muco não é constante em todo o período fértil.  Problemas ovulatórios podem ou não ser passíveis de solução, portanto ocasionando um teste positivo em outro ciclo após a correção dos mesmos.  As condições dos espermatozóides também sofrem alterações entre um momento e outro.  Além disso, os espermatozóides saudáveis podem eventualmente estar concentrados em outra região do útero propiciando um falso negativo.  O único item que sofre pouca mudança é a questão imunológica.  Se a mulher tiver anticorpo antiespermatozóide, é possível que este consiga matar os espermatozóides em qualquer ciclo, neste caso o indicado seria realmente a Inseminação Artificial. 
De todas as mulheres que se submetem a este teste, uma grande quantidade recebe um resultado negativo.  No entanto, muitas dessas vêem a obter uma gravidez natural futuramente, já tendo havido relato de gravidez no mesmo ciclo em que o teste deu negativo.  Por esta razão, muitas clínicas estão abandonando o teste pós-coito, por considerar o resultado pouco conclusivo.








Fonte/créditos:http://rose_rj.e-familyblog.com/note/5496/teste-p%C3%B3scoito-ou-teste-simshuhner-pra.html
publicado por Gina às 09:11
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Eu....

. Indutores de Ovulação

. Síndrome dos Ovários Poli...

. Hiperandrogenismo feminin...

. Indutores de Ovulação

. Anovulação

. Calcular período fértil O...

. Hirsutismo

. Estimulação Controlada do...

. Usando clara de ovo para ...

.arquivos

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

blogs SAPO

.subscrever feeds